No período de férias aproveito para colocar as leituras em dia. E olhe que o balaio só aumenta. Por conta da minissérie Maysa, exibida na Globo, estou lendo a biografia escrita pelo Lira Neto, muito reveladora, muito bem escrita. Aliás, o próprio criticou a minissérie por simplificar a cantora, além de distorcer muitos fatos, o principal deles, a supressão de Nara Leão que parece nunca ter existido.

Também leio O Mal de Montano, romance de Enrique Villa-Matas que trata, através de um personagem, da obsessão pela literatura. No mínimo interessante, mas que pode algumas vezes tornar-se repetitivo e pretensioso. Só vou saber lendo-o.

Por último, terminando A viagem do elefante, do Saramago. Sempre um prazer ler o autor de Ensaio sobre a cegueira. E este romance consegue unir leveza e peso. Muito bom.