O fato ganhou proporções imprevistas até para quem achava que o acidente era de rotina. Escadas rolantes, no entanto, são dos meios de transportes mais seguros que se tem notícia. Isso até aquela manhã em que dois adolescentes, sendo a mais nova com 17 anos, e um rapaz que carregava uma mochila, foram tragados por um degrau defeituoso, fazendo com que as lâminas de encaixe servissem como trituradores. Daniela foi a primeira a notar algo estranho. Ela estava a 7 degraus das vítimas e notou o esguicho de sangue e um barulho, como se uma máquina de caldo de cana cuspisse bagaços por fora. Em pouco tempo, respingados e em pânico, tentaram por todos os meios convencer os outros que no fim da escada acontecia um acidente (aliás, o acidente em si estava em processo, dado os resquícios de gritos e muita dor da adolescente, mutilada até o quadril mas ainda consciente da mordida).

A longa escada, uma das maiores da região, fora equipada com poderosas engrenagens do tipo em que qualquer coisa que pisar o degrau será levada, sob quaisquer circunstâncias, ao piso superior. Como agravante, as novas levas de passageiros não estavam nem aí com o tumulto – a turma sabedora do acidente forçando a turma louca pela liquidação da loja de eletrodomésticos – e fingiam fleuma e determinação em avançar, mesmo com a escada subitamente aos solavancos. A essa altura, apenas uma cabeça esmigalhada despedia-se aos poucos, a beira da bocarra de ferros, sendo engolida e dando início a mais uma aceleração, enquanto os vigias do shopping, munidos de walk-talkies, solicitavam reforços para conter o tumulto e possíveis novas vítimas.

Independente do shopping ainda ter como bons serviços os elevadores panorâmicos, e mais um grupo de senhoras – junto com a adolescente e testemunha ocular do primeiro acidente – entalarem e sofrerem as primeiras mutilações, a loja em liquidação, a esquerda da escada rolante, continuava anunciando suas ofertas para os clientes que, com algum cuidado, pulavam ao modo indiana jones os degraus e chegavam, pedindo alguma coisa para limpar do sangue e claro, sacar o cartão de crédito ainda intacto.